Pentágono evita comentar possível ataque à rede de aviões não tripulados

O Pentágono recusou neste sábado comentar o possível ataque com um vírus de informática, segundo revelou a revista “Wired”, sofrido pela rede de aviões teleguiados da Força Aérea dos Estados Unidos.

A “Wired” assinalou que um vírus que registra os movimentos do teclado infectou a rede utilizada pelos pilotos que controlam estes aviões que os EUA usam para sobrevoar áreas em conflito e realizar operações de precisão.

Os aviões, habitualmente modelos Predator e Reaper, são teleguiados a partir da base da Força Aérea Creech, em Nevada, na qual supostamente se infiltrou o vírus.

A publicação indicou que não está claro se o vírus era parte de um ataque organizado ou se as redes foram infectadas acidentalmente. No entanto, apontou que não parece que se tenha perdido informação confidencial dos dados recolhidos pelos aviões.

A Força Aérea manteve sua política de não comentar sobre assuntos que possa afetar a segurança de suas redes e evitou fazer qualquer esclarecimento sobre o tema.

Em declaração, um porta-voz ressaltou que a Força Aérea não fala de suas redes de informática, já que qualquer comentário pode ser de utilidade para aqueles que tentam atacá-las.

 

Por Folha – Publicado em 09/10/2011

http://www1.folha.uol.com.br/mundo/987926-pentagono-evita-comentar-possivel-ataque-a-rede-de-avioes-nao-tripulados.shtml

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s