Empresa espanhola usa chips em celulares para controlar funcionários

Empregados denunciam a Schindler ao Ministério do Trabalho espanhol, que já investiga o caso.

A empresa espanhola Schindler estaria monitorando seus funcionários através de um chip acoplado ao celular deles, segundo informações da agência BBC. Isso rendeu à empresa acusações sérias de abuso de autoridade e, para agravar a situação, o Ministério do Trabalho espanhol já abriu investigação.

Segundo a agência de notícias, a Schindler estaria acoplando aos celulares particulares dos empregados um chip que a direção batizou de “acelerômetro”. A ideia, segundo a defesa da empresa, seria a de monitorar quanto tempo os funcionários ficam ociosos durante o expediente, alegando que isso ajudaria a estudar formas de aumentar a segurança do trabalho.

O problema é que o “acelerômetro” emitia um sinal de alarme se detectasse imobilidade do funcionário – por exemplo, no banheiro – por mais de dez minutos, informando através de um GPS a posição do empregado “parado”. Apesar dos chips estarem em uso desde abril, os funcionários fizeram a denúncia a um sindicato local – e, posteriormente, ao próprio Ministério – há cerca de duas semanas.

Embora a ordem de retirada dos chips já tenha sido emitida, a Schindler informou à BBC que recorrerá da decisão, alegando que seu uso “é uma forma de segurança e não de controle”.

 

Por Olhar Digital – Publicado em 17/11/2011

http://olhardigital.uol.com.br/negocios/seguranca/noticias/empresa-espanhola-usa-chips-em-celulares-para-controlar-funcionarios

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s