Facebook faz acordo em caso de privacidade nos Estados Unidos

Rede social é acusada de não manter promessa feita aos usuários. Após acordo, Facebook terá que se adaptar.

A rede social Facebook resolveu fazer um acordo e mudar algumas de suas práticas de privacidade diante das acusações da Federal Trade Commission (FTC) nos Estados Unidos, segundo informações da própria entidade. Um processo na FTC acusava o Facebook de ter enganado os consumidores quanto à privacidade de seus dados.

De acordo com as acusações, o Facebook disse aos seus usuários que poderia manter suas informações privadas, mas repetidamente permitiu que elas fossem compartilhadas e tornadas públicas. Reclamações sobre as práticas de privacidade do Facebook foram feitas para a FTC pelo Centro de Privacidade da Privacidade Eletrônica dos Estados Unidos e por grupos de consumidores, afirma a organização.

Com o acordo, o Facebook passa a ter que tomar novas medidas para manter a promessa de que pode manter os dados privados.

Agora, a rede social terá, por exemplo, que obter a autorização do usuário para quando sua informação for compartilhada além do que ele havia estabelecido. Além disso, será preciso que uma empresa independente faça avaliações independentes e periódicas das práticas da privacidade da companhia.

“O Facebook é obrigado a manter as promessas que faz sobre privacidade”, disse Jon Leibowitz, presidente da FTC. “A inovação do Facebook não tem que vir às custas da privacidade do usuário.” A acusação do FTC traz uma lista de exemplos em que o Facebook não teria cumprido sua promessa de privacidade aos usuários.

Zuckerberg  No blog oficial do Facebook, Mark Zuckerberg, CEO da empresa, diz ser o “primeiro a admitir” que a companhia cometeu erros ao lidar com a privacidade dos usuários. Acho que até cometemos um pequeno número de grandes erros, como quando fizemos a transição do modelo de privacidade há dois anos. Isso colocou na sombra muitas das coisas boas que temos feito”, afirmou o executivo-chefe da rede social.

Além das medidas impostas pela comissão, Zuckerberg anunciou a criação de dois outros cargos executivos para lidar com o assunto.

 

Por G1 – Publicado em 30/11/2011

http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2011/11/facebook-faz-acordo-em-caso-de-privacidade-nos-estados-unidos.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s