Intel investe em plataforma brasileira de f-commerce

Meu Shopping, a primeira loja multi-marcas dentro do Facebook, quer expandir seu portfólio para 50 marcas.

Você se lembra do Meu Shopping, uma plataforma brasileira que vende multi-marcas dentro Facebook? O Olhar Digital entrevistou uma das fundadoras logo que a loja virtual iniciou suas atividades no mercado brasileiro. Na época, fazia 20 dias que a novidade estava no ar e os negócios estavam indo de vento em popa.

A novidade agora é que a Intel Capital, braço mundial de investimentos da Intel, acaba de anunciar um investimento na ELike, desenvolvedora carioca que criou o Meu Shopping. Segundo David Thomas, diretor geral da Intel Capital na América Latina, o perfil inovador da plataforma, aliado ao acelerado crescimento do número de brasileiros na rede social Facebook fez da ELike uma oportunidade interessante de investimento.

A plataforma funciona como um agregador de marcas que faz as vendas dentro do Facebook. A prática funciona como o e-commerce tradicional, mas ao invés de usar o próprio site para fazer as vendas, as empresas comercializam seus produtos usando a plataforma da rede social.

Segundo Tatiana Albuquerque, diretora geral da E-like, marcas como Enoteca Fasano, Hope, Pepper, Maria Bonita Extra, Cantão, Redley, Richards, Sack’s, Reserva, entre outras, estão presentes no aplicativo e, algumas delas, como a Maria Bonita Extra, não tinham nenhum canal de vendas online antes do Meu Shopping. Atualmente mais de 70 mil pessoas já utilizam o aplicativo.

“O usuário pode incluir um produto em uma lista de desejos dentro do Meu Shopping, além de compartilhar seus produtos favoritos e até presentear um amigo com e-gift. O aplicativo, inclusive, mostra quais são os aniversariantes do dia”, conta a executiva.

A ideia é que o Meu Shopping reúna apenas marcas consideradas “premium”. Para Tatiana, o Facebook é o metro quadrado mais caro da internet e a estrutura do aplicativo permite que uma loja contribua com a outra. Portanto, é necessário manter apenas lojas elitizadas dentro da plataforma, assim nenhuma se sente prejudicada.

Como funciona

Logo ao acessar o aplicativo no Facebook, o internauta vê a lista de empresas participantes. Então, para ter acesso ao f-commerce de cada marca, é preciso primeiro curti-las. A partir daí, é só navegar pela página – com template padrão a todos – e escolher o seu produto. “Nós fornecemos apenas a plataforma com todos os recursos de uma loja online, somados aos plug-ins desenvolvidos pela E-Like. Os clientes é que fornecem os conteúdos e administram as compras”, explica Tatiana.

Para ler a matéria completa sobre a plataforma, clique aqui. E acesse o shopping social, clicando aqui.

 

Por Olhar Digital – Publicado em 09/08/2012

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s