Wikileaks divulgará um milhão de documentos em 2013, promete Assange

Fundador do site diz que informações confidenciais são relacionadas a “todos os países”.

Da embaixada do Equador em Londres, onde está refugiado há seis meses, Julian Assange declarou nesta quinta-feira, 20, que o Wikileaks publicará um milhão de documentos em 2013. Segundo ele, as informações confidenciais afetam “todos os países do mundo”.

Esta foi a segunda aparição do fundador do Wikileaks desde que ele se refugiou para evitar a extradição para a Suécia, onde é acusado de cometer crimes sexuais. Assange aassegurou que seu trabalho não será “amedrontado” e que seguirá enfrentando os “acossadores”.
“As portas estão abertas e sempre estiveram para qualquer um que deseje usar os tramites adequados para falar comigo ou garantir-me uma saída segura”, afirmou no discurso, segundo a agência de notícias Efe. Apesar da liberdade limitada, ele disse ter trabalhado e se comunicado.

Julian Assange rejeita a extradicão para a Suécia porque teme que possa ser entregue aos Estados Unidos e, eventualmente, condenado à morte.

 

Por Olhar Digital – Publicado em 21/12/2012

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s