Anonymous ataca sites do sistema judicial dos Estados Unidos

Grupo protesta contra excesso de rigidez no processo de Aaron Swartz e pede reforma jurídica no país.

O grupo hacker Anonymous não engoliu a morte do ativista Aaron Swartz e está disposto a retaliar. Desde sábado, membros da organização estão atacando sites do governo dos Estados Unidos para protestar contra o sistema judiciário do país.

A acusação é de que a justiça americana foi responsável pelo suicídio de Aaron Swartz, uma vez que os promotores haviam sido rígidos demais com o caso. A operação pedindo reforma no sistema judicial recebeu o nome de OpLastResort.
Como protesto, o grupo está desfigurando sites e até mesmo incluindo jogos como o clássico dos arcades Asteroids e animações com o Nyan Cat em sites governamentais, acessíveis por meio de códigos no teclado.

A primeira vítima foi o endereço da Comissão de Penas do país (http://www.ussc.gov), que recebeu tantos acessos que acabou caindo. O grupo também invadiu outro site, desta vez da justiça de Michigan (http://miep.uscourts.gov/), que também não aguentou tantos acessos e caiu.

Por Olhar Digital – Publicado em 28/01/2013

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s