Metade dos brasileiros admite ‘invadir’ redes sociais dos companheiros

Pesquisa de companhia de segurança revela também que quase 10% das pessoas que sabiam a senha do parceiro acessaram um dispositivo móvel e expuseram o conteúdo.

A McAfee divulgou os resultados da pesquisa “Amor, Relacionamentos e Tecnologia”, que analisa os principais problemas em compartilhar dados pessoais com parceiros, e mostra como términos de relacionamentos podem resultar em violação de privacidade online.

Segundo o estudo, apesar de casos de vazamento de dados e escândalos com fotos de celebridades de conhecimento público, os brasileiros continuam a se arriscar compartilhando informações pessoais com parceiros e amigos, estando assim sujeitos a situações conhecidas como “a vingança do ex”.

A pesquisa aponta que 85% dos entrevistados acreditam que seus dados estejam seguros nas mãos de seus parceiros. No entanto, a McAfee descobriu que 9% dos adultos entrevistados já invadiram um dispositivo móvel e expuseram seu conteúdo ou fingiram ser o ex-companheiro. Outros 9% dos respondentes admitiram assumir algum comportamento online para atrapalhar ou terminar o novo relacionamento de um ex-parceiro.

“Compartilhar senhas pode parecer seguro, mas esse hábito abre brechas para acesso indevido a informações confidenciais e o conteúdo pode ser postado em uma plataforma pública para que todos vejam. É preciso conscientizar os consumidores dos riscos e tomar medidas para garantir que seus dados pessoais estejam seguros e protegidos”, afirma o diretor de suporte técnico da McAfee para a América Latina, José Matias.

Entre os brasileiros, as ações dos parceiros que resultaram na exposição de dados pessoais foram:

1. Mentira (48%)

2. Traição (39%)

3. Publicação de foto inapropriada (33%)

4. Término de relacionamento (15%)

5. Cancelamento de casamento (13%)

6. Outros (13%)

Cerca de um quarto dos entrevistados já se arrependeu de vazar esse tipo de conteúdo após o término do relacionamento e 42% deles pediram que seu ex-companheiro apagasse o conteúdo.

Outras conclusões interessantes da pesquisa:

Invasão de privacidade virtual
Por saberem a senha de seus parceiros, os entrevistados acessaram e-mails, contas bancárias e redes sociais. Mais de 50% dos respondentes admitiram entrar ocasionalmente em páginas de redes sociais, enquanto contas bancárias são acessadas por 27%, e 44% deles vasculharam os e-mails dos companheiros.

A pesquisa também revelou que 31% dos entrevistados procuram por seu ex-parceiro no Facebook mais do que o parceiro atual (47%). Quase três entre dez pessoas admitiram até mesmo procurar o ex de seu parceiro atual na rede social de Zuckerberg.

Dados confidenciais
Não é apenas com fotos reveladoras que as pessoas precisam se preocupar: a pesquisa mostrou que o compartilhamento de conteúdo é indiscriminado, aumentando as chances de vazamento de dados e roubo de identidade.

Conteúdo do celular (59%), contas de e-mail (58%), senhas (39%), números de contas bancárias (35%) e códigos de seguro de saúde (31%) já foram compartilhados com parceiros de relacionamento.

Dispositivos desprotegidos
Dos entrevistados, 28% admitiram deixar o telefone sem senhas, desprotegido, o que permite que qualquer um que encontre o dispositivo tenha acesso a todo o conteúdo particular.

Duas em cada dez pessoas nunca fazem backup das informações de seus smartphones e 11% dos entrevistados raramente apagam mensagens de texto, e-mails e fotos pessoais.

O levantamento foi encomendado à MSI International, que realizou 505 entrevistas online no Brasil, com adultos na faixa de 18 a 54 anos, no período de 14 a 30 de dezembro de 2012.

 

Por IDG Now! – Publicado em 15/02/2013

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s