Ataque teria reduzido tráfego da internet na China em 30%

Serviço interrompido no domingo (25) foi normalizado após quatro horas. Governo chinês confirmou ataque e indisponibilidade dos sites.

O acesso a sites terminados em “cn” foi dificultado na madrugada do domingo (25) – no horáiro local – devido a um ataque que teria atingido um sistema responsável pela manutenção dos “registros” dos sites chineses. O Centro de Informações de Rede e Internet da China (CNNIC) publicou um comunicado confirmando a indisponibilidade temporária dos serviços (veja aqui).

O CNNIC chamou o episódio de “maior ataque de negação de serviço” já sofrido pela rede chinesa. O órgão prometeu ainda melhorias no serviço, que ficou indisponível ou lento por até quatro horas.

Conforme informou Matthew Prince, diretor-executivo da empresa CloudFlare, especializada em ataques dessa natureza, ao jornal “The Wall Street Journal” o monitoramento da companhia detectou uma queda de até 32% no tráfego direcionado a sites chineses. A queda no tráfego seria resultado da indisponibilidade dos sites.

A estrutura dos endereços de sites de internet é mantida por uma hierarquia composta pelos servidores raiz, registradores e servidores de nome. Para acessar um site, é preciso consultar ao servidor raiz qual o sistema de registro responsável pelo endereço, que vai então informar o servidor de nome responsável pelo site. O ataque na China atingiu o segundo nível da hierarquia, dificultando por isso a acesso a diversos sites “cn”, sem nenhum alvo específico aparente.

 

Por G1 – Publicado em 26/08/2013

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s