Brasil

Acordo entre Brasil e França prevê projeto de computação de alto desempenho

Os governos do Brasil e da França firmaram nesta quinta-feira uma série de acordos de cooperação sobre vários temas, como agricultura, educação, saúde e tecnologia. Um deles prevê a implantação de um projeto de computação de alto desempenho. De acordo com a presidente Dilma Rousseff, o plano de trabalho pactuado prevê a aquisição de um supercomputador, a instalação de dois centros de pesquisa – um em Petrópolis (RJ) e outro na capital fluminense – e a transferência de tecnologia para produção nacional dos sistemas de supercomputação para apoiar a pesquisa científica e a inovação. (mais…)

Hackers brasileiros desfiguram páginas da Nasa em protesto

Mensagem pede paz na Síria e fim da espionagem. Grupo já havia alterado páginas da Nasa em abril.

Hackers brasileiros do grupo “BMPoC” alteraram pelo menos oito endereços web gerenciados pela Nasa, agência espacial dos Estados Unidos. Em protesto, o grupo formado por três hackers disse que ninguém no planeta está a favor dos norte-americanos e pediu o “o fim da espionagem”. “O povo brasileiro não é a favor dessa atitude”, diz a mensagem.

O grupo já havia desfigurado endereços da Nasa em abril, mas sem nenhuma mensagem de protesto. Apesar de a página desfigurada ser da Nasa, a espionagem é parte de um programa de outro departamento do governo, a Agência de Segurança Nacional (NSA). (mais…)

Comissão do Senado aprova projeto que proíbe jogos de azar na internet

Os jogos de azar pela internet podem ser proibidos em todo País. Pelo texto (PLS 570/2011) aprovado nesta terça-feira na Comissão de Ciência e Tecnologia (CCT) do Senado, estabelecer, explorar ou permitir, por meio da rede internacional de computadores, bingo, aposta ou qualquer tipo de jogo de azar não autorizado, independentemente de pagamento de prêmio, poderá resultar em pena de dois a cinco anos de prisão, além de multa.

A proposta altera o Decreto 9.215/1946, que proíbe a prática ou exploração de jogos de azar em todo o território nacional, para incluir no rol dos ilícitos o mesmo crime praticado em rede de computador. O PLS 570/2011 ainda precisa passar pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), onde recebe decisão terminativa.

Favorável ao projeto, o senador Walter Pinheiro (PT-BA) disse que o tema deveria ser incluído nas discussões sobre o novo Código Penal. “Eu queria chamar a atenção para que matérias dessa natureza sejam apreciadas nas discussões sobre o novo Código Penal, para que sejam definidas as penalidades adequadas, e não de maneira isolada”, alertou. (mais…)

Praga digital brasileira envia dados roubados usando site do governo

Página em site do governo enviava dados para e-mail do Yahoo. Vírus instala extensão no navegador Chrome para roubar informações

A fabricante de antivírus Eset divulgou nesta segunda-feira (5) informações sobre uma praga digital que rouba dados de instituições financeiras brasileiras e que usa o site de algum órgão governamental do Rio Grande do Sul ou de um município do Estado para intermediar o envio dos dados para o invasor em um endereço de e-mail registrado no serviço do Yahoo.

No Brasil, computadores ligados à internet por meio de conexões domésticas não têm mais autorização para enviar um e-mail diretamente, necessitando de um servidor intermediário. Esse servidor pode ser controlado pelo invasor, no entanto também pode revelar alguma informação sobre o criminoso. De acordo com a Eset, o uso de um servidor do governo “provê um maior anonimato ao atacante, que usa um servidor legítimo para o envio dos dados”. (mais…)

Brasil paga US$ 650 milhões ao ano pelo tráfego de dados nos EUA

Ministro Paulo Bernardo defende a descentralização do controle da internet

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse nessa quinta-feira, 11, que o Brasil paga cerca de US$ 650 milhões anuais aos Estados Unidos para trafegar seus dados de internet por lá.

Em audiência pública, o político assumiu o mesmo tom de outras autoridades ao defender a descentralização do controle da internet. “Além de tornar o serviço mais barato, agora temos outros motivos para defender isso”, afirmou em referência às denúncias de espionagem ilegal. (mais…)

Forças Armadas possuem centro para segurança cibernética

É em um espaço de 1,6 mil metros quadrados no Quartel General do Exército Brasileiro, em Brasília, que 140 especialistas em computação têm a missão de promover a governança para proteger as redes estratégicas do País. Trata-se do Centro de Defesa Cibernética (CDCiber), órgão novo cujo núcleo foi criado na reta final do governo Lula.

A segurança de dados vem sendo um tema recorrente no governo desde que veio à tona a revelação de que os Estados Unidos, por meio da Agência Nacional de Segurança (NSA), espionou milhões de e-mails e telefonemas de brasileiros. O tema vem sendo objeto de reuniões do governo, que tem contado com a presença do ministro da Defesa, Celso Amorim, pasta à qual o Centro está subordinado. (mais…)

Brasil cobra EUA após descobrir que também foi espionado pela NSA

Agência de segurança teria interceptado milhões de telefonemas e mensagens trocadas entre brasileiros

O governo brasileiro se mobilizou após denúncia do jornal O Globo de que a espionagem dos Estados Unidos tornada pública por Edward Snowden se estende às terras tupiniquins.

“Já vínhamos acompanhando o caso, mas agora a história mudou de patamar”, disse o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, ao Estadão. Segundo ele, a equipe da presidente Dilma Rousseff se reuniu no domingo, 7, para discutir como proceder. (mais…)